12.set.2012

Cão agredido por ex-tutor “foge” de hospital público veterinário

Por @TatyIzquierdo

No dia 04/09, o programa Balanço Geral, da Record, mostrou o caso do cão da raça rottweiller foi agredido pelo próprio dono dentro de um carro. O mesmo homem ainda tentou jogar o animal vivo dentro de um rio. Revoltados, moradores do bairro de Ermelino Matarazzo, na zona leste de SP, resgataram o cachorro. O vídeo da matéria você pode ver (e entender) no portal R7

A agressão ao cachorro foi tamanha que até os dentes do animal foram arrancados. Os moradores do bairro ouviram os gritos de dor e de socorro que o cachorro soltava. Muito debilitado, o cachorro ficou horas dentro do carro em que foi espancado até o socorro chegar.

Depois de denúncias, a polícia chegou ao local mas não prendeu o dono, que fugiu do local. O cachorro, que se chama Bob (ou Negão), foi resgatado pela equipe de zoonoses e levado para o hospital veterinário público Anclivepa-SP, onde estava sendo medicado. O médico veterinário Renato Tartalia – coordenador do Anclivepa – foi quem recebeu o animal e também falou durante a entrevista para a Record. Para o veterinário, foi clara a intenção de matar o animal por parte do agressor. “O cachorro chegou bastante debilitado, com trauma encefálico, fratura de maxilar, dentes quebrados. Ele estava em choque e apresentando perda de sangue relevante” disse o veterinário.

O suposto agressor é marceneiro e se chama Cícero da Silva. Desde o dia da agressão ele não foi encontrado e nem voltou para a casa. A esposa do agressor está sofrendo e confessa ter vergonha do que o marido fez.

O cão da raça rottweiller foi agredido pelo próprio dono dentro de um carro.

O Negão, o cachorro espancado, seria adotado pela @PaolaDelGiorno. Hoje, 11/09, ao chegar para visitar o animal, Paola descobriu que o cão havia “fugido”. Paola assistiu a matéria e foi até o hospital para saber do cachorro e foi super bem atendida pela equipe do hospital. A primeira visita aconteceu no dia 05/9 e a veterinária do plantão, Dra. Natália, explicou que o cachorro estava arredio e estava difícil de tratar o quadro. “O Negão havia sido submetido à cirurgia de reconstrução da mandíbula e maxilar com próteses de resina. Estava com dificuldade de se alimentar devido às fraturas e ausência de dentes, motivo pelo qual, iniciei uma campanha para arrecadar latinhas de ração e papinhas de bebê para levar pro Negão. Ninguém estava responsável pela internação dele. Deixei meu nome e telefone com a atendente Juliana, que ficou de verificar com a diretoria do Hospital a possibilidade de me deixarem responsável por ele. Fui informada que eu só poderia visita-lo após o feriado, ou seja, a partir de 10/09. Me coloquei, ainda, como interessada na adoção dele tão logo ele tivesse alta”, conta Paola.

Nesta terça, 11/09, Paola retornou ao hospital veterinário para visitar Negão e levar as dezenas de doações recebidas pela campanha que promoveu no twitter. Ao chegar no hospital, Paola foi informada que o cachorro havia fugido no dia 07/09, sexta, durante o transporte dos animais para o novo prédio onde ficaria o novo setor de internação. Após esperar quase 3 HORAS por uma explicação sobre o ocorrido, a Dra. Tamiris Vilela conversou com a Paola, apresentando a seguinte justificativa: “As duas pessoas que estavam realizando o transporte ficaram com MEDO do cachorro, pois ele “estava chegando com a boca muito perto da grade da gaiola”, relatou Dra. Tamiris -, e quando a gaiola foi colocada no chão a portinha se abriu e o animal escapou” contou Paola.

Ainda de acordo com a Dra. Tamiris, vários veterinários pegaram seus carros e foram atrás do Negão. Próximo ao clube do Corinthians, o Parque São Jorge, as pessoas chegaram a cercá-lo por 3 vezes, mas foi impossível resgatá-lo, pois ele “ameaçava atacar”. Paola questionou o fato de um animal com mandíbula e maxilar quebrados, e praticamente sem dentes, conseguir MACHUCAR ou MORDER uma pessoa num possível ataque.

A indignação da Paola, uma advogada apaixonada por animais é a mesma de todos nós que lemos e não acreditamos nessa história: “como eles, na condição de veterinários, que tem prática no manuseio, não conseguem resgatar um animal? Qual é o tipo de gente contratada para realizar esse transporte, já que seria um pré-requisito essencial, que essas pessoas não tivessem MEDO de cachorros e tivessem experiência ao lidar com os mesmos?”. A própria Dra. Tamiris concordou ser inadmissível uma situação dessas.

“O que me resta diante dessa situação é demonstrar toda a minha INDIGNAÇÃO e mais ainda, minha TRISTEZA e MEDO de imaginar o que pode acontecer a um animal nessas condições (fraturado, em recuperação de cirurgia, babando, sangrando, sem dentes, parcialmente cego, com sequelas neurológicas e, naturalmente, agressivo por conta do medo) vagando pelas ruas. O Hospital precisa e deve ser RESPONSABILIZADO por esse acontecimento, uma vez, que o serviço que eles prestam “gratuitamente” à população de baixa renda, não se trata de um FAVOR. Cabe salientar, que o Anclivepa-SP recebe um repasse mensal de R$ 600 mil reais”, finaliza Paola Del Giorno, advogada, protetora e interessada em ADOTAR e CUIDAR do Negão.

 

10 respostas para “Cão agredido por ex-tutor “foge” de hospital público veterinário”

  1. Paola disse:

    Já é de conhecimento público o fato ocorrido no último dia 7 de setembro, quando um animal que estava sob a tutela do Estado, recém operado da mandibula, sem dentes, brutalmente espancado por seu dono dentro de uma Kombi, conforme reportagem exibida pela TV Record, o qual através de denuncia de vizinhos foi resgatado e levado para o hospital público veterinário, no Tatuapé, e que quando da remoção do mesmo para outro prédio FUGIU e foi abandonado à própria sorte pelos responsáveis que não tiveram o expediente, que qualquer um do povo teria, de pedir ajuda ao Corpo de Bombeiros.

    Pois bem.
    Todos os animais são tutelados pelo Estado e caberá ao poder público atuar com base na legislação para coibir qualquer conduta que gere desconforto a animais.

    Segundo o DECRETO 24645/34
    Consideram-se maus tratos:
    V-Abandonar animal doente, ferido, extenuado ou mutilado, bem como deixar de ministrar-lhe tudo o que humanitariamente se lhe possa prover, inclusive assistência veterinária.

    LEI FEDERAL 9.605/98 Art. 32º –
    Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos: Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa. § 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos. § 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

    PORTANTO OS RESPONSÁVEIS PELA GUARDA E TRATAMENTO DE UM ANIMAL TUTELADO PELO ESTADO DUAS VEZES, UMA POR DISPOSIÇÃO CONSTITUCIONAL E OUTRA PORQUE ENCONTRAVA-SE DIRETAMENTE SOB OS CUIDADOS DE HOSPITAL PÚBLICO QUE OMITIU O FATO E OMITIU-SE NO RESGATE DO MESMO EM FUGA SEM UTILIZAR TODOS OS MEIOS, O QUE CONFIGURA O ABANDONO DE ANIMAL DOENTE, FERIDO, SEM CONDIÇÕES DE SOBREVIVENCIA POR SI PROPRIO, MERECE A APURAÇÃO DOS FATOS POIS ENVOLVE O USO INDEVIDO DE VERBAS PÚBLICAS COM FUNCIONÁRIOS INAPTOS E DESCONHECEDORES DE SUAS OBRIGAÇÕES.

  2. roberto disse:

    ola gostaria de saber noticias do paradeiro desse cachorro se foi encontrado ou nao … o que aconteceu com esse FP desse cicero que o agrediu e que providencias judiciais foram tomadas e por quem ………….obrigado

  3. Andresa disse:

    Ao ler esta reportagem, achei estranho pedirem para a Paola visitar o cão após o feriado. Onde iria um cão cego e ninguém da redondeza o viu circulando. Só há uma resposta!!! Mataram ou como fica melhor escrito eutanasiaram este pobre cão… Esta é uma clínica que eu jamais levaria meus cães… Isso precisa ser melhor investigado!!!

  4. sera que a clinica esta falando a verdade.voces precisa investigar melhor

  5. lurdes disse:

    fiquei muito comovida.eu amo os animais.gostaria de adotar o negao.

  6. Revoltado disse:

    Como um cachorro debilitado consegue fugir? Está na cara que tem sujeira por tras!!!

  7. Phedra Danay disse:

    Esse fato tenebroso contra um POBRE E INDEFESO animal, gera MAIS indignação e nojo de viver numa sociedade politicamente incorreta, hipocrita e que NÃO sabe mais nem CONTER e nem DOMINAR os monstros, psicopatas que estão CIRCULANDO, VIVENDO, COMENDO, MALTRATANDO, ESPANCANDO, MATANDO as pessoas de bem e os animais.
    O Rotweiller é uma raça ESPETACULAR, amorosa, e extremamente fiel e de BOA INDOLE.
    Eu sou testemunha da transformação que o amor pode fazer num animal: eu tenho um Rotweiller que viveu na corrente por 10 anos e agora é LIVRE, AMOROSO, FIEL.
    Nada, nada justifica os CRIMES COMETIDOS CONTRA OS ANIMAIS.
    Sou protetora independente, e mais do que isso, uma cidadã que zela pelo mundo em que habita.
    Tudo evoluiu, a ciência avança, milhares de descobertas são feitas a cada dia, o ser humano adquire conhecimento tecnologico incrivel, e por mais que ele, ser humano tenha a sensação de EVOLUÇÃO, não consegue nem ao menos desenvolver o sentimento de COMPAIXÃO E AMOR por outro ser que não seja ele mesmo.
    A sociedade vive momentos de grande primitividade, infelizmente.
    É inconcebivel que no Brasil os CRIMES CONTRA OS ANIMAIS NÃO SEJAM AINDA OUNIDOS COM PRISÃO.
    Faltam prisões? Ah…não é a solução? Quem diz isso, ainda não foi vitima de um assalto, um roubo, uma violencia gratuita, nunca teve um animal agredido, morto…
    Esse ser ABOMINAVEL que cometeu esse crime, deveria ter sido preso e RETIRADO da nossa sociedade.
    Enquanto escolhermos representantes que NÃO se IMPORTAM COM A SOCIEDADE COMO UM TODO, QUE PROTEGEM INTERESSES PROPRIOS, QUE RESISTEM EM APROVAR LEIS MAIS SEVERAS E QUE POR CONSEGUINTE SE TORNAM CONIVENTES COM O MAU, COMO UM TODO, Nós, pessoas de bem e animais, continuaremos a sofrer horrores nas mãos desses criminosos e assassinos.
    A Sociedade mostra sua verdadeira evolução quando tem sentimentos como COMPAIXÃO, VALORES MORAIS, SOLIDARIEDADE, NOÇÕES DE CIDADANIA E AMOR AO PRÓXIMO E A TODA VIDA QUE HABITA ESSE PLANETA, que ÑÃO PERTENCE AOS CRIMINOSOS, mas sim, ás pessoas de bem, aos animais, a natureza. É muito egoismo do ser humano achar que o Mundo foi criado para servir o Homem!
    Precisamos dar um BASTA NA VIOLÊNCIA, EM GERAL.
    E é preciso PUNIR OS CRIMES, seja eles quais forem. Todo crime tem sua punição.
    O Temor as Leis é a única força que uma sociedade de bem possui para combater o mal!
    Nem a educação consegue mais combater tamanha violência gratuita.
    Nos tornamos reféns da violência.
    Vamos por um basta, e dizer NÃO A VIOLÊNCIA!
    Que Deus proteja essa criatura que tanto sofreu nas mãos do homem, e que ele, o Negão perdoe os homens…e como disse um Homem que ficou na história da humanidade: …eles não sabem o que fazem…
    Boa sorte ao NEGÃO e aos Homens de boa vontade!!!

    • Adriana Rossi disse:

      Por favo fiquei sabendo do caso do Negâo (Bob) e gostaria muito de saber se esse animalzinho foi encontrado,se não a quantas anda o processo pelo descuido dessas pessoas. Muito obrigada.

      • @tatyizquierdo disse:

        Olá Adriana,
        Entramos em contato com a Paola, que realizou a denúncia, e pedimos atualizações sobre o caso. Infelizmente acreditamos que o Negão tenha morrido nas ruas porque ele não foi encontrado. O hospital apenas lamentou o ocorrido.

  8. MARIA EDUARDAAAAA disse:

    JUSTIÇA,JUSTIÇA,JUSTIÇA,JUSTIÇA É SÓ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *